sexta-feira, 20 de novembro de 2015

A propósito dos ataques terroristas em Paris

A poeira ainda não assentou mas mesmo assim é tempo de lembrar o que pode estar por detrás disso tudo...
Cheira-me a petróleo.
Parece que tudo isto (da guerra civil na Síria e da criação do Daesh-ISIL, ou lá como se chama aquela organização criminosa) tem tudo a ver com o controle do petróleo (e de passagem do gás natural), sendo que para ali existe muito gás e algum petróleo. Aliás dizem que o Mediterrâneo Oriental (as costas da Síria, do Líbano e de Israel tem MUITO gás natural (chega até aos mares da Grécia)...
Muitos se lembram certamente, aquando da «crise» e chantagem sobre o Syriza na Grécia, de como se aventou a possível exploração do muito gás natural (dizem) que por ali há por parte dos gregos como solução para os males que alfigem aquele país. 
Ora acontece que o Estado Sírio (o regime dirigido por Bashar al-Assad) se recusa a privatizar a sua companhia nacional de petróleo... Coisa que certamente iria facilitar a vida ao seu regime, pois que permitiria às grandes empresas anglo-americanas repartir o bolo das vendas mais de acordo com as suas conveniências.
E depois há também a estória de através da Síria se poder traçar um trajecto mais curto para transportar o petróleo do Golfo até à Europa... Sem pagar «portagem» no Canal de Suez, por exemplo...
Sem entrar em teorias da conspiração (factos são factos...), depois da Saddam Hussein e de Muammar al-Kadafi restava «deitar abaixo» mais um «resistente aos ventos da privatização» dos recursos naturais de cada país. Tudo isso para benefício das populações de todos os outros países, claro...
O que «eles» (os donos disto tudo) não fazem para eu ter gasóleo...

1 comentário:

  1. O Tsu é uma rede social criada em outubro de 2014 à qual acede quem for convidado por um membro. Ela recompensa os utilizadores pela sua atividade no site.
    TSU concorre com Facebook e paga aos utilizadores!
    Convite:
    www.tsu.co/samgom

    ResponderEliminar